quinta-feira, 4 de agosto de 2011

V Semana de Letras

Aconteceu entre os dias 30 de maio a 03 de Junho de 2011 a V Semana de Letras da Faculdade São Luís de França, o evento, realizado pela coordenação e colegiado do curso, foi aberto ao público interno e externo. A Semana, que teve como tema “Língua, literatura e cultura: interseções”, foi organizada por acadêmicos que compõem o Centro Acadêmico de Letras Vinícius de Moraes(CALVM), e também por acadêmicos de outros períodos do curso.
O evento teve em sua programação conteúdos relevantes à formação acadêmica, que foram apresentados e discutidos em oficinas, palestras, mesa redonda e exposição de pôsteres.
Seguindo a programação, na abertura do evento, dia 31 de maio (segunda-feira), todos puderam prestigiar o Espetáculo “Os Marginais” , com o grupo de teatro Atualona, que após a apresentação conduziu uma discussão sobre a estética marginal e a literatura pós-moderna. Em seguida, os acadêmicos participaram da palestra “Mãos que falam: a construção do saber na linguagem do surdo”, ministrado pela professora Georgia Brandão.
No segundo dia do evento, dia 31 de maio (terça-feira), às 15h, estudantes participaram do primeiro dia da Oficina “Performances criativas”, ministrada por Jhon Eldon Barbosa, acadêmico do quarto período do curso de Letras da FSLF. Na sequência, assistira a Palestra “O Mito das nações: os dicionários de Língua Portuguesa no processo de construção da identidade nacional”, ministrada pelo professor Álvaro Souza. E concomitantemente, aconteceu a Oficina “Para entender poesia”, com o professor e poeta Marcílio Medeiros. Após, foi apresentado a “Mesa Redonda, onde foi expostos trabalhos acadêmicos sobre “A produção literária na primeira metade do século XX: breves análises, grandes descobertas”, enquanto isso houve a exposição de pôsteres, com a mesma temática, por acadêmicos do curso de Letras da instituição.
No dia seguinte, 01 de Junho (quarta-feira), às 15h, continuou com a oficina “Performances criativas”, ministrada por Jhon Eldon Barbosa. Após, aconteceu a Oficina “Técnicas de oratória para a prática pedagógica”, com a Profa. Suzy Dayse Vasconcelos Bezerra . Em seguida, os acadêmicos participaram da palestra “Escritores sergipanos na Escola do Recife”, ministrada pelo professor José Costa. E finalizando a noite, foi apresentado o sarau poético: “A Lírica camoniana”, organizado pelo CALVM e com a participação dos estudantes do curso da instituição.

No dia 02 de Junho (quinta-feira), seguindo a programação, deu continuidade com a oficina: “Performances Criativas”,iniciada na segunda-feira e ministrada Por Jhon Eldon. Na sequência, todos puderam participar da palestra: “Bullying”, ministrada pela professora Gleyde Selma Shapke.



No último dia do evento, dia 03 de Junho (sexta-feira), após a finalização da oficina “Performances criativas”, ministrada por Jhon Eldon Barbosa, foi apresentada a peça “Auto da Barca do Inferno”, organizada e realizada pelos estudantes do 3º período do curso de Letras da FSLF. E finalizando o evento todos prestigiaram ao “VI Café Cultural Nordestino”, que esse ano foi feita para todos os estudantes da instituição, ou seja, foi aberto para o curso de Letras, Pedagogia e Administração.


Veja abaixo fotos da V Semana de Letras, que superou as expectativas de todos.













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fazendo Letras

Este espaço virtual conta com a contribução de professores e acadêmicos do Curso de Letras da FSLF. Contudo, dispostos a prestar um bom serviço para toda a comunidade ligada ao nosso curso, acolheremos as contribuições externas como muito boas vindas. Enviem suas matérias, divulguem seus projetos, trabalhos, pesquisas, análises e comentários sobre obras literárias, informações sobre estágios e concursos e tudo que possa ser compartilhado entre acadêmicos e profissionais do Curso de Letras. Aguardamos material. Um abraço.

Cadastre seu e-mail para receber informações

Sobre os Direitos Autorais

Em obediência à Lei 9.610/98 (Lei de Direitos Autorais), qualquer informação deste BLOG poderá ser reproduzida desde que citada a fonte. Quem assim não o fizer, poderá ser penalizado de acordo com o artigo 184 do CÓDIGO DE PROCESSO PENAL em vigência.